Justiça decreta ilegalidade da greve de servidores e seu imediato final

Justiça decreta ilegalidade da greve de servidores e seu imediato final

Publicado em 17/05/2018

Na AÇÃO DECLARATÓRIA DE ILEGALIDADE DE GREVE No 0623125-76.2018.8.06.0000, a decisão da Desembargadora TEREZE NEUMANN DUARTE CHAVES foi pela ilegalidade da greve iniciada pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itapipoca, Tururu e Uruburetama – SINDSEP. Na decisão, além da ilegalidade, a desembargadora decretou também o fim da greve, sob pena de R$ 2.000,00 (dois mil reais) diários de multa por cada dia não cumprido. Veja mais detalhes da decisão no arquivo em anexo.

Esta notícia possui 2 arquivo(s)

Arquivo Tamanho
Ação Declaratória de Ilegalidade 0,06 MB
Imagem da notícia 0,05 MB